Preocupado

Contratação errada, gera custo alto para empresas

Contratar um funcionário que acaba  provando inadequado para o cargo pode ser bastante custoso para a empresa. Entre gastos com a rescisão do profissional, salários e benefícios, treinamentos, abertura de um novo processo seletivo, retrabalhos e improdutividades, uma contratação malfeita pode custar entre três e 15 vezes o salário do cargo, de acordo com o diretor-executivo da Bazz Consultoria em RH, Celso Bazzola.

Esse valor varia de acordo com o tempo que o profissional inadequado passa na empresa antes de ser desligado, que pode chegar a cerca de um ano. “Muitas vezes a empresa demora a admitir o erro na contratação”, explica Celso.

Além dos gastos financeiros, o prejuízo de um processo seletivo mal executado também pode ser visto na produtividade dos colegas de trabalho e dos funcionários de recursos humanos da empresa. “É preciso todo um gasto de tempo para a busca de novos profissionais, uma nova série de entrevistas, e rescisões e contratações, e o novo funcionário ainda passará por um período de adaptação”, enumera.

Quando o problema é recorrente, a rotatividade da empresa aumenta, o que também pode ser um problema. Um certo nível de rotatividade é importante para qualquer negócio, mas quando é decorrente de uma série de contratações equivocadas, pode impactar na sua credibilidade. “A empresa passa a ser vista no mercado como instável, uma empresa que não mantém os colaboradores. Os funcionários ficam inseguros e não criam um sentimento de pertencimento”, diz Celso.

Confira esse artigo em: http://atarde.uol.com.br/empregos/noticias/1938602-contratacao-inadequada-custa-entre-tres-e-quinze-vezes-o-salario-do-cargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *