Reforma Trabalhista

Reforma Trabalhista e seus Impactos

Celso Bazzola, comenta que  a Reforma Trabalhista permite o ajuste de questões de informalidade, como o parcelamento de férias – antes irregular. “Isso significa que, em grande parte, a reforma está regularizando o que hoje se faz, todos aceitam e poucos questionam”.

Bazzola diz que a partir desse momento é preciso muito cuidado nas ações que serão tomadas, uma vez que as negociações devem estar focadas muito além do simples desejo de obter vantagens na relação, criando mecanismos de sustentabilidade desse acordo.

“Flexibilizar alguns critérios de negociação pode aumentar o ganho pelo resultado e a composição justa de uma remuneração total, onde todos obtêm resultados pela importância que cada um tem no processo produtivo”, avalia.

Enfim a Reforma Trabalhista é importante para a área de recursos humanos das empresas. Além disso, Bazzola compreende que a medida é benéfica para suportar momentos de instabilidade econômica, o que possibilita a realização de acordos compatíveis com a necessidade do mercado.

A política, portanto, evita situações de demissão em massa ou quebra de empresas.

“Por isso, vejo esse momento como um avanço, pois possibilita empresas, sindicatos e trabalhadores definirem a melhor forma de conduzir mudanças sem estarem presos às regras que já não fazem parte de nossa realidade”.

Celso Bazzola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *